Comentários para a Liturgia do Mês de Novembro

Dia 02 – Comemoração de Todos os Fiéis Defuntos

 

Muitos nos precederam no tempo; deixaram-nos uma herança de vida vivida no amor e na fé, no sacrifício e no trabalho. Esta eucaristia é manifestação fraterna de nossa solicitude cristã pelos que morreram, e do nosso reconhecimento. O sacrifício de Cristo, que obtém a salvação, abre a eles e a nós a vida eterna.

 

Dias 03 – Solenidade de Todos os Santos

 

O homem pode tornar-se santo; a santidade não é só possível, mas já uma realidade; muitos já são santos entre nós hoje, e muitos, transformados com Cristo, veem a Deus face a face como ele é. A eucaristia transforma-nos lenta e progressivamente em pessoas capazes de contemplar o Pai com todos os que são salvos.

 

Dias 09 e 10 – Missa do 32º Domingo do Tempo Comum

 

 A intimidade entre nós e com o Senhor e a condução de nossas vidas, se na direção de Deus ou contrário a Ele, é o que distingue os cristãos do mundo: a cada pessoa que é ressoado o Evangelho deve-se haver um empenho que seja superior à nossa natureza humana, para que ao final, prevaleça a vontade divina, que não se impõe a ninguém, mas se propõe a todos…

 

Dias 16 e 17 – Missa do 33º Domingo do Tempo Comum

 

Celebrando, irmãos e irmãs, este trigésimo terceiro domingo do tempo comum, somos todos chamados a nos ver na possibilidade de possuirmos a firmeza da fé, para que mais e mais, indistintamente se em grandes dificuldades ou não, correspondamos às expectativas de Deus, que confia em cada um de nós.

 

Dias 23 e 24 – Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo

 

Cristo é a grande revelação de Deus e do homem. No crucifixo, vemos o Deus todo para os homens e o homem todo para Deus. A perfeita harmonia desta realidade desconcerta-nos. Na eucaristia ele está no meio de nós; reconhecemos que só ele pode ser o centro de nossa atenção.

 

Dias 30 e 01/12 – 1° Domingo do Advento

 

Dando início a mais este ano litúrgico, em que caminharemos à luz do Evangelho de Mateus, queremos estar vigilantes na escuta da Palavra, como também na pressa em cumpri-la, sabendo que o Senhor que está para chegar nos pede nestes nossos dias, que esta espera seja precedida de alegre esperança naquele que virá para ser o nosso irmão e Senhor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *