Comentários para a Liturgia do Mês de Novembro

Dias 31 e 01/11 – Solenidade de Todos os Santos

 

Muitos nos precederam no tempo; deixaram-nos uma herança de vida vivida no amor e na fé, no sacrifício e no trabalho. Esta eucaristia é manifestação fraterna de nossa solicitude cristã pelos que morreram, e do nosso reconhecimento. O sacrifício de Cristo, que obtém a salvação, abre a eles e a nós a vida eterna.

 

Dia 02 – Comemoração de Todos os Fiéis Defuntos

 

O homem pode tornar-se santo; a santidade não é só possível, mas já uma realidade; muitos já são santos entre nós hoje, e muitos, transformados com Cristo, veem a Deus face a face como ele é. A eucaristia transforma-nos lenta e progressivamente em pessoas capazes de contemplar o Pai com todos os que são salvos.

 

Dias 07 e 08 – 32° Domingo do Tempo Comum

 

A liturgia do 32º Domingo do Tempo Comum convida-nos à vigilância. Recorda-nos que a segunda vinda do Senhor Jesus está no horizonte final da história humana; devemos, portanto, caminhar pela vida sempre atentos ao Senhor que vem e com o coração preparado para o acolher.

 

Dias 14 e 15 – 33° Domingo do Tempo Comum

 

A liturgia do 33º Domingo do Tempo Comum recorda a cada cristão a grave responsabilidade de ser, no tempo histórico em que vivemos, testemunha consciente, ativa e comprometida desse projeto de salvação/libertação que Deus Pai tem para os homens.

 

Dias 21 e 22 – Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo, solenidade

 

No 34º Domingo do Tempo Comum, celebramos a Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo. As leituras deste domingo falam-nos do Reino de Deus (esse Reino de que Jesus é rei). Apresentam-no como uma realidade que Jesus semeou, que os discípulos são chamados a edificar na história (através do amor) e que terá o seu tempo definitivo no mundo que há de vir.

 

Dias 28 e 29 – 1° Domingo do Tempo do Advento

 

A liturgia do primeiro Domingo do Advento convida-nos a equacionar a nossa caminhada pela história à luz da certeza de que “o Senhor vem”. Apresenta também aos fiéis, indicações concretas acerca da forma devem viver esse tempo de espera.