Você está aqui: Home › Colunas › Artigos e Reflexões
Artigos e Reflexões

E-mail: psrc-srpq@hotmail.com

24/02/2019
Comentários para a Liturgia do Mês de Março

Dias 02 e 03 - 8? Domingo do Tempo Comum

 

A palavra tem força. As palavras podem ferir ou curar, orientar ou confundir, revelar a verdade ou disfarçá-la. Cristo, Palavra eterna de salvação, nos deixou o Evangelho que é a sua Palavra viva e transformadora. Ela nos revela seu amor incondicional, e a lei do amor deve ser escrita em nosso coração. Como o Cristo é a Palavra do Pai entre nós, sejamos um sinal de sua Palavra no meio de nossa sociedade.

 

Dia 06 - Quarta-feira de Cinzas 

 

Deus nos chama e nos reunimos em seu amor misericordioso. Ele é Santo e nos convida à conversão. O jejum, a penitência e a oração são para nos levar conversão e santificação. Iniciamos o Tempo da Quaresma, tempo favorável da bênção do céu. É nossa tarefa ter, cada vez mais, consciência de nossa relação com Deus, com as pessoas e o mundo, criando relações novas de vida e de comunhão.

 

Dias 09 e 10 - 1? Domingo da Quaresma

 

O grande convite quaresmal é para nos deixarmos guiar pela Palavra do Senhor. Abandonar-se inteiramente nas mãos de Deus; abandono confiante. É ter a mesma atitude de Jesus que, no deserto, foi tentado, mas escolheu confiar-se inteiramente ao Pai. Deus nos dá a legítima liberdade, pela qual podemos tomar uma decisão radical. É preciso saber escolher, como fez Jesus, e Deus estará sempre presente em nossa vida, no mais profundo de nossa existência, pois nos ama. 

 

Dias 16 e 17 - 2? Domingo da Quaresma

 

Elevemos nosso olhar para o alto e subamos a montanha da vida para o encontro com Deus. Lá, contemplemos seu amor radical, transfigurado por causa de sua fidelidade ao Pai. Ele nos chama para termos um olhar novo sobre as pessoas, sobre a natureza e nós mesmos. Nele descobrimos nossa real necessidade, que é a vida, a paz, a harmonia e a concórdia. Ele nos ensina a viver com os pés na terra, mas sem nos esquecermos de que somos cidadãos do infinito do céu. “Escutemos, pois, o que Ele nos diz”.

 

Dias 23 e 24 - 3? Domingo da Quaresma

 

A Quaresma quer que se realize a nova presença do Senhor entre nós. Ele é o sempre novo que precisamos encontrar, e nele tudo se renova, recria, revive. O Deus de Jesus é nosso Deus, e Ele vê e age na história. “Eu via a aflição de meu povo”. Por isso, Jesus nos ensina no Evangelho que o cristão não pode ser estéril diante de Deus, do amor e da misericórdia. Ele deseja a salvação de todos. Por isso, o Senhor nos propõe que mudemos o coração. Quaresma, chance de conversão que o Senhor nos oferece.

 

Dias 30 e 31 - 4? Domingo da Quaresma

 

Jesus acolhe os pecadores e come com eles. Os fariseus e os escribas não aprovam a atitude de Jesus, que lhes conta a parábola do pai que acolhe seu filho que havia saído de casa e voltou, quando se viu na miséria. A figura desse pai é Deus. Ele não tem limites para o seu amor, pois deseja nossa salvação e alegria. Jesus nos mostra que Deus é um juiz que não se limita a conservar e a aplicar uma lei somente, pois prefere usar da lei de sua misericórdia e de seu amor, que nos faz viver.

Veja mais em "Artigos e Reflexões " [veja todos]

Edições Digitais

 

Acompanhe aqui as escalas do mês.